quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Os Olhos

Foto: Gui Venturini

Eu olhei e não mais enxerguei o que os meus olhos queriam ver, eu olhei, tentei enxergar além da minha visão. Eu olhei com o coração e pude ver um mundo de ilusão. Olhar para o todo e sempre ver que o todo está de olhos em todos nós.

Estamos sendo observados, olhados e analisados. Estamos sendo cuidados pelo eterno ser e por todos os não eternos seres. Os olhos estão voltados para a imensidão e para a podridão que vivemos e, assim, nossos olhos se entristecem. Os nossos olhos murmurejam e lacrimejam e, assim, queremos fechá-los.

Se em cada piscar de nossos olhos uma nota musical se criasse, uma nova musica iria nos fazer olhar de uma forma diferente e muito mais real, iria nos fazer observar pelo som e pelas notas que seriam tocadas, iria nos fazer enxergar além, além de tudo que nos cega.

Ouviremos o ritmo da canção que se cria no piscar de nossos olhos para pode enxergar a imensidão sonora que o mundo quer que não enxerguemos.Olharemos para que a cegueira seja apenas a escuridão para aqueles que não olham com o coração.

Olhai-vos!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails