sexta-feira, 22 de julho de 2016

Pra onde o amor irá...


Por mais que caminhamos nunca chegaremos ao mesmo lugar que o amor que procuramos está, o amor vaga como cada um de nós vagamos em busca do mesmo amor que se propaga e encontra outro coração.

Amores que vem, amores que vão, amores que viajam pelo ar, pelo sol, pela lua, amor que fica preso ao tempo. Tempo e espaço que descompassam o comportamento natural de sentir e amar, de ouvir e declamar, de chorar e sorrir pelo o amor que vai chegar.

Pra onde o amor irá, eu também quero estar, encontrar, abraçar e beijar como se fosse o primeiro amor que senti e provei, o amor está solto pelo ar...e eu, a lhe encontrar. Buscarei todos os dias, recitarei para o vento para que ele leve até os seus ouvidos o que meu coração está dizendo e o que meus pensamentos estão trazendo para minha lembrança.

Lembrarei a cada segundo do seu olhar, do seu sorriso e do seu abraço amigo, mas acima de tudo, lembrarei do amor que está contido dentro de cada um de nós, chegará o dia que esse amor irá eclodir e, nascerá em todos os lugares, nada mais será contido e muito menos escondido, e nós, iremos para onde o amor estará.

Amores que vão e que vem, amores... que nos faz bem...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails