terça-feira, 18 de novembro de 2014

Nuvens


Foto: Gui Venturini

As nuvens desenham o infinito do céu azul, transformam o anil em branco algodão, cria formas abstratas em um linear céu sem fim.

O grande céu deu espaço as nuvens, que nascem para pintar a grande tela, que é pintada pelo tempo em todos os momentos e em todas as formas. O grande artista todo dia trás uma nova obra com formas e belezas diferentes, mas todo dia trás uma nova forma de pensar.

As nuvens estão soltas pelo ar, não é uma arte estática, mas sim, em movimento, não está aprisionada em uma tela ou em uma moldura, está liberta em um céu azul, cinzento ou escuro, as nuvens, estão na arte natural do tempo.

A beleza da sua arte é perfeita que até choram com os desenhos que o tempo esculpe, nuvens são a sensibilidade do artista a criar, nuvens, são desenhos a inspirar. A sua arte e movimento trazem o sol e, a noite, para embelezar, faz a transformação á todo momento.

A arte de um artista e a liberdade de expressar, como a liberdade do tempo é criar a cada dia um novo desenho no céu do nosso existir.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails