terça-feira, 17 de junho de 2014

Essa bola que gira


2014 marca o ano da nossa Copa do Mundo, marca momentos de inconformismo, mas já que aceitamos a realização, vamos realizar, recepcionar e festejar, não a Copa, pois a Copa e da FIFA, mas vamos festejar o evento que está sendo realizado em nosso país, porque quando recebemos alguém em nossa casa, procuramos receber muito bem ou não?

Não somos o país do futebol, pois quem mais enche os estádios são os alemães, depois ingleses, espanhóis e não nós os brasileiros, por isso, que não temos a obrigação de achar que temos que ser o melhores na bola, mas sim, precisamos lutar para que sejamos os melhores em educação, cultura e saúde.

Manifestação deve existir, vandalismo não, por isso, não vamos quebrar o que já está quebrado, vamos começar a concertar, pois a bola está em nossas mãos.

Abaixo segue um verso para sua interpretação e para marcar a nossa Copa.

Essa bola que gira
Gira o mundo, gira a vida.

Bola que circula,
E faz girar...

Girar tudo a nossa volta,
Bola que joga,

Joga o jogo e faz ganhar,
Perder, talvez...

Essa e a bola da vez...

Bola jogada,
Bola roubada...

Bola que é ganhada...

Nessa disputa, a bola,
É toda desejada...

Para um grande lance,
Para uma grande vitória...

O grito do gol,
Não é o levantar da taça...

É apenas o torcer...

Torce em um só grito...

Todos no mesmo hino...

Ouviram do Ipiranga...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails