quinta-feira, 27 de março de 2014

A escrita

Foto Montagem: Gui Venturini

A minha escrita escreveu escrituras descritas nas criaturas que criei como criados que cravaram movimentos caligráficos que formaram desenhos que descreveram meus movimentos.

Criaram em mim um criadouro de pensamentos, pensamentos esses que contradiz o que dizem sobre pensar. Pensar esse que muitos querem contradizer, mas o entender, você não quer dizer, pois entender e para aqueles que querem saber.

A minha escrita é descrita em parábolas, em parênteses que são interpretados pelos que entendem, e não, pelos que querem entender.

Por mais que procuramos saber nunca entenderemos o ser, seremos serenos, mas não entendedores, seremos apenas aprendizes tentando entender.

Não entendo e nunca irei entender, assim sou eu, assim é você.

quinta-feira, 20 de março de 2014

O amanhã de hoje

Foto: Gui Venturini

Hoje estou aqui mais um dia a pensar no que amanhã eu posso fazer, pois a cada dia pensamos em fazer o mesmo que amanhã possamos fazer com a perfeição do hoje. 

Amanhã será hoje esperando um novo amanhã que se tornará hoje e assim os amanhãs vão chegando e os hojes também, vivemos entre hoje e amanhã dos dias a passar.

Os dias são os mesmos como as noites também, o passar do tempo nos faz aperfeiçoar o pensar de cada um de nós e nos leva mais uma vez até o amanhã que será hoje no tempo vivido por mim e por você.

Hoje será mais um dia que passo a esperar o amanhã chegar, pois todos os dias serão hoje e os amanhãs também, entre hoje e amanhã a vida passa e, eu, a esperar o amanhã que se torna mais uma vez o hoje.

Amanhã será um novo dia e tudo será como ontem no hoje de todos os dias.

Hoje mais uma vez estou aqui esperando o amanhã chegar.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails