terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Feliz Natal

A você amigo (a) desejo um Natal junto aos seus e um ano novo de transformações.


Abraços de luz e sonhos de paz pra todos nós.

sábado, 22 de dezembro de 2012

Um dia após o fim do mundo 21 | 12

Foto Montagem: Gandolpho

Se você está lendo este post é porque o mundo não acabou, por isso, se achou que não iria precisar comprar presentes de natal, se enganou, o mundo não acabou e a vida continua.

Por quantas vezes já ouvimos que o mundo iria acabar? Várias, a mais recente que já fazem quase treze anos, foi na virada do milênio, muito se falou e teve gente que nem saiu de casa de medo que o mundo iria acabar em dois mil, como se estar dentro de casa iria salvar alguém.

Estar dentro de casa não salva ninguém, mas a casa nos dá proteção, essa é a ideia de estar dentro de casa, mas isso, não nos livrará de uma catástrofe, afinal, se mundo vai acabar, tudo acabará, mas não se esqueça, pode cair um avião em cima da sua casa, afinal, tudo pode acontecer independente da acabar ou não o mundo.

Pois bem, tudo o que se falou do calendário Maia caiu por terra, pois a data do dia 21 | 12, que é bem bonita, digo bonita porque se invertermos os números um, do 21 e do 12, teremos a mesma data, mas invertida, mas voltando ao calendário Maia, a data nada mais é do que uma mudança de ciclo, como nós mudamos o nosso ciclo no dia 31 | 12, eles, os Maias, mudavam no dia 21 | 12, por isso, esqueça, o mundo não irá acabar.

O que nós seres humanos gostamos, é de criar mitos, criar histórias para alimentar crenças e mistérios, afinal, não existe uma data para acabar o mundo, pois desde 64 a.C já existem previsões que o mundo vai acabar, como também existe novas previsões que em; 2018, 2028, 2125, 2250 e 2280 são datas previstas que mundo também irá acabar. Eu, como gosto de números, colocaria a data de 21 | 12 | 2112 para acabar o mundo, afinal, é uma data bonita que o dia e o mês se igualam com o ano, por isso, nesta data, eu, não estarei mais aqui, porque o mundo já irá ter acabo pra mim, pois, o mundo acaba como morremos e não em uma data pré-estabelecida, ah!! Espera aí, tem uma data que o mundo acabará, essa data será quando o combustível do sol acabar, mas está prevista para daqui... cinco bilhões de anos, acho que nem a centésima geração da minha família estará aqui, por isso, fique tranquilo (a) você terá que trabalhar na segunda-feira normalmente e preparar a ceia de natal para toda família.

Feliz Natal, afinal, o seu significado é nascimento, por isso, vamos nascer novamente para cuidar melhor do nosso planeta, pois quem pode acabar com ele, somos nós mesmos.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

O Sol

Foto: Gui Venturini

Hoje quando acordei observei o sol chegar, uma musica tocava a canção dos pássaros e a luz do astro rei iluminou mais um dia, seu calor, aqueceu os corações que se esfriaram e derreteu a solidão de quem ficou. Iluminou o caminho a ser seguido e desabrochou girassóis pela estrada sem fim.

Os raios formaram riscos e brilhos, ofuscaram olhares, sentimentos e mágoas, o sol, brilhou novamente para mais um dia feliz. A luz coloriu o mato, a terra molhada, as folhas, o céu e os animais, as pessoas olharam as cores a brilhar com tons sobrepostos no horizonte vertical do nosso olhar.

O sol percorreu o céu azul decorado com nuvens brancas feito neve, o sol, escondeu o seu calor na frieza de uma nuvem densa que encobriu os sonhos de uma chuva quente, fria, morna que não aconteceu.

O dia vai se acabando e sol avermelhando mais uma vez o céu do meu viver, vejo acontecer crepúsculos no olhar da imensidão, vejo flores pelo campo a colher cores e beleza, vejo libélulas a dançar e fazer o ritmo da noite a chegar.

O sol vai descansar para a lua assumir seu lugar e as estrelas virão para acompanhar, lua e estrela, companheiras da noite a iluminar, a escuridão do céu é a luz no olhar das corujas a vigiar, à noite, faz descansar, dormir e sonhar, as estrelas vão sumindo, a lua a esperar, seu companheiro que mais uma vez traz o brilho do amar.

O sol voltará para iluminar o dia que terá mais uma noite, mas será mais um ou menos um dia para acordar, levantar, viver, sonhar e acreditar.

O sol irá iluminar...sonhos, desejos e pensamentos alucinar.

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Um pouco de tudo e um pouco de todos!

Renê Guerra e Gui Venturini

Esta frase título deste texto de hoje é do blog de um amigo e irmão "Senor" Renezito do blogdoreneguerra.blogspot.com.br me chamou atenção e me fez refletir sobre a mesma;

Um pouco de tudo e um pouco de todos, uma frase completa que me deixa ciente de que todos nós somos exatamente isso; um pouco de tudo, uma mistura de raças, gostos, cores e sabores e também porque não; um pouco de todos, que passam pela nossa vida e deixam manias, costumes e belezas, além de aprendizados.

Nós seres humanos, somos isso, influenciáveis á todo momento, somos modistas e porque não dizer moldados por uma sociedade inquieta e insatisfeita.

Parei para pensar que esse pouco de tudo é tudo que herdei da minha família, dos meus antepassados que o pouco que deixaram foi o tudo que sou agora e que tudo que aprendi com a vida, pode ser pouco pelo o que tenho ainda para viver e aprender.

No mesmo tempo adquiri um pouco de todos, todos os seres humanos que passaram pela minha vida, que convivem comigo até hoje e que o pouco que deixam são palavras e gestos que são muito perante o pouco que nós somos como seres humanos para este universo.

O pouco de tudo poderá ser muito a partir do momento que nos contentamos com o pouco e passarmos a enxergar o pouco como o suficiente para sermos felizes, mas tudo isso, ainda está muito distante para nós seres comuns entendermos, hoje (27/11/12) estava conversando com um amigo de 60 anos muito sábio e alegre com todas as diversidades que a vida já entregou para ele, e ele, continua da mesma forma, feliz, ele me disse; “quando eu estiver valendo o mesmo que o meu carro vale, eu não preciso estar mais aqui” Isso me fez refletir ainda mais sobre o que somos e o queremos ser, se queremos ou precisamos de muito ou pouco para sermos felizes, na minha opinião, precisamos apenas do suficiente, nada mais e nada menos ou se preferir um pouco de tudo e um pouco de todos.

E esse pouco que falei nada mais foi o tudo que esses amigos nos ensinam com palavras, gestos, sentimentos e acima de tudo com a amizade sincera sem interesse algum.

Sejamos felizes com que temos ou com o que poderemos ter.

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Sozinho

Foto Gui Venturini

Estar sozinho é estar junto com você mesmo, a solidão de todos nós é a companhia do nada que aproveitamos no nosso dia, da conversa não produtiva, do comentário com maldade, do falar do outro e no dividir da solidão alheia.

Estar junto não é estar com um alguém e nem viver a mercê desse alguém que nem está junto a você. Nos acostumamos com o outro, por muitas vezes nos enganamos em estar junto e acabamos achando que estamos acompanhado e não estamos, apenas estamos preenchendo um vazio que existe dentro de todos nós.

Por muitas vezes colocamos no lugar do outro o trabalho, o estudo, o encontro com os conhecidos e até uma atividade física, que por muitas vezes nos enganamos dizendo que tudo isso é pro futuro, seu, da sua família ou a palavra da moda; “qualidade de vida” para os atletas de plantão, mentira, nos enganamos á todo momento para não nos sentirmos sozinhos, calma, se exercitar é muito bom, mas não para se sentir com alguém.

Conheço vários solitários que se dizem felizes, mas sei que não são, alguns encontram sua companhia no boteco, outros na droga, outros contratando uma garota ou um garoto de programa e dizem; preciso saciar meus desejos, mentira, todos nós podemos saciar nossos desejos sozinhos e também tem muitos outros saindo em busca de caçar uma pessoa a cada noite para dizer para os amigos que ficou com uma, duas ou três em uma noite, mas quando acordam estão sozinhos sem ninguém para dizer; eu estou com você.

Nossa, isso é promiscuo, não, não é, isso é o que todos nós somos, alguns escondendo e outros fazendo, isso está embutido em cada um de nós, mas com algumas diferenças.

Somos todos diferentes graças aos nossos Deuses, mas iguais na solidão de cada um, por isso, o que escrevo possa incomodá-lo (a), mas isso é o que EU penso, por isso, relaxa, os seus pensamentos são seus, reflita e siga ao lado da sua companhia, sendo ela, presente ou ausente.

Por isso, eu, continuo vivendo a minha companhia de hoje que pode estar perto ou estar longe, mas não estou seguro de não estar sozinho, e você?

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Hoje eu tive vontade de chorar

Foto: Gui Venturini

Hoje quando acordei eu tive vontade de chorar por não entender como nós seres humanos gostamos de dificultar o viver de nós mesmos. Hoje pensei o quanto aprendemos com as dificuldades e transformamos essa mesmas dificuldades em oportunidades, por isso, resolvi caminhar e tentar não chorar.

Por onde caminhei eu olhei, tentei observar cada passo que dei para entender o rumo que deveria tomar ou qual o caminho deveria seguir, muitas vezes, a vida nos leva a optar para estrada certa e por muitas vezes tomamos o caminho errado, isso deve ser porque carregamos a história do Chapeuzinho Vermelho em nosso subconsciente, e isso, faz que tenhamos tendência ao erro, será? Ou isso é mais uma desculpa para nos enganar e nos confortar e nos fazer chorar? Não sei!

Mas isso me fez pensar novamente, seguir, e olhar para as pessoas que cruzavam meu caminho, parei para pensar, quantas delas queriam chorar, e eu, não poderia as ajudar e também não iria entender porque elas queriam chorar, continuei o meu caminho e percebi que o chorar que me acompanhava começou a ficar para trás, eu, com os meus passos mais firmes segui o meu caminho, senti o suor escorrer pelo meu rosto e tocar a minha boca, foi quando senti o gosto salgado, fiquei em dúvida se era suor ou lágrima, mas pelo meu astral só poderia ser suor, suor esse que me faz vencer o meu dia, com o suor do meu trabalho, com a força dos meus braços e o sentimento fiel nos meus passos.

Voltei para casa, olhei para todos os cantos e percebi que a casa já não era mesma, e tudo aquilo nada mais é do que paredes feitas de tijolo e cimento, sem nenhum sentimento verdadeiro que possa ter valor para quem valoriza o amar.

Quando deixei a água do chuveiro escorrer pelo meu corpo cansado percebi que cada gota que poderiam ser lágrimas me revigorava, e todas as gotas juntas, lavavam meus pensamentos e elevava meu espírito, e parei para pensar, que se eu chorar, vou perder algo de dentro de mim, e seu sorrir, irei atrair algo de bom para me nutrir, por isso, aprendi, que chorar pode ser uma alternativa para sofrer, mas sorrir, é uma alternativa para reviver.

Hoje escolhi sorrir, porque chorar, já não faz parte de mim.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Suas "Coisas"

Foto: Gui Venturini

O que é seu e o que do outro? Já parou para pensar o que é seu e o que é da outra pessoa?

Suas roupas são suas, seu calçado, é seu?

Mas se você doar o que você julga que é seu, para o outro, ele já não é mais, correto?

Vivemos um mundo de propriedade mútua, queremos nos apropriar de tudo e de todos, queremos tudo para nós, mas, esquecemos que não necessitamos de sermos donos de nada, apenas de nossos pensamentos e sentimentos, isso sim, é propriedade sua e ninguém pode se apropriar.

No trabalho vivenciamos nossas ideias e nossas sugestões sendo apropriadas, pois como diz o ditado; “Todo mundo quer ser Pai de filho bonito” e assim o que criamos acaba sendo apropriado pelos outros que pela hierarquia tem mais poder, mas não mais força do que você.

Durante nossa vida iremos presencia apropriações indevidas, pessoas que querem se apropria de você, das suas coisas de tudo que diz respeito a você, pois os seres humanos necessitam em ser dono de algo, todo ser necessita de ter, ter, objetos que pra ele significa poder, eles não querem só suas coisas, eles querem sua alma, querem seu sangue.

Um exemplo de que nada é seu é a sua casa e o seu carro, você acha que são seus?

Não, eles não são seus, pois deixe de pagar o IPVA e o IPTU pra ver se seu carro continua circulando e se você continuará a morar na sua casa. Por isso, que nossas coisas não são nossas, elas são emprestadas a você, você paga por elas e continua a pagar se quiser ficar com elas, tudo está consignado e você estagnado e manipulado pelo sistema.

Por isso, seja dono dos seus pensamentos e sentimentos, não deixe que ninguém e nada se apropriem das suas maiores riquezas e das únicas coisas que você tem de verdade, seja fiel aos seus ideais e nunca deixe que o outro tome suas coisas, afinal, o que é seu é seu, e ninguém, poderá lhe tirar, mesmo que tentem, nunca irão conseguir, pois o brilho de cada um é único, e nada, poderá o ofuscar, só se você deixar.

Por isso, cuide das suas coisas sempre!

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Borboleta Branca


Pela janela passou uma borboleta branca, pela janela o vento passou e a carregou para algum lugar, a borboleta branca voou para longe e descansou perto da minha janela. O reflexo dos raios do sol fez que suas asas ficassem amarelas, a borboleta branca beijou mais uma flor e tornou-se apaixonada.

Se bater asas poderá ir para onde quiser, mas eu quero que você fique para me fazer companhia, pois estou só a procura de você, quero poder voar com você para bem longe, longe dos meus pensamentos e bem perto dos seus sentimentos, borboleta branca, a cada dia você encanta o meu viver, no meu jardim você aparece e pela janela vejo você acariciar todas as flores, minhas flores estão apaixonadas e eu também.

Borboleta branca para onde irá voar? Para o céu, para o mar ou para meu amar? Onde você está minha vida, por onde irá passar, tenho ciúmes do vento a te acariciar, tenho medo das flores que querem ser polarizadas por você.

A cada dia colho flores e trago para casa, enfeito vasos e espero você novamente passar, mas nem sempre você volta, mas sempre deixa uma duvida no ar, pelo ar sinto seu cheiro, pelo vento sinto desejo, borboleta branca quando voltará?

Continuo a esperar, continuo a regar meu jardim, continuo a colher flores para lhe atrair, mas como sempre você passa pela janela e não entra, vejo nossa distancia, vejo a cada dia o seu bater de asas, mas vejo o seu olhar para minha janela.

Ela está aberta, pode entrar...

Borboleta branca, entre pela janela do meu coração e acredite no meu amar, no meu viver, no meu ser...borboleta branca, cadê você?

Batendo asas ela se vai mais um dia que passou pela minha janela e me olhou, mais uma vez não entrou e deixou a janela do meu coração aberta e a esperar...

Vou dormir e esperar você voltar, mesmo que seja no meu sonho, borboleta branca, espero você chegar.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Não escolhemos, somos escolhidos



Tem momentos na vida que não escolhemos, somos escolhidos, momentos que não pensamos, somos pensados. Algumas vezes nossos sonhos não são realizados, realizamos. A vida nos dá mais motivos para chorar do que para sorrir, e isso, nos faz sempre acreditar que o amanhã será bem melhor, doce ignorância nossa, pois sempre será assim, viveremos uma vida inócua.

O que nos foi dado, é tirado, amores vem e vão, esses amores sugam seu amar e desaparecem e levam junto com elas, castelos, reinados e nossos reis e rainhas. Nesta hora nos tornamos plebeus em um piscar de olhos. Quando as flores desabrocham e enfeitam seu jardim, alguém vem, e as colhem, apenas para ter o gosto de dizer, isso, agora é meu.

Não somos donos de nada, não somos nada, apenas tudo que aprendemos não é real é apenas a ilusão que o mundo nos deixou como herança em uma terra sem lei. No meu cavalo de asas eu voarei e continuarei vivendo no meu mundo de ilusões para poder deixar todos vocês felizes, afinal á felicidade dos outros sempre me fez muito bem.

Voarei bem alto e bem longe e só irei observar, mesmo que não toque mais com os mesmos dedos, continuarei olhando com os mesmos olhos, pois observar nos ajuda a viver cada vez mais no silêncio que nos deixaram aprisionados.

Uma prisão não precisa ter grades, não precisa ter muralhas, precisa ter apenas uma chave que pode nos trancar na ilusão, esta chave se chama decepção. A decepção é algo que nos persegue, ou melhor, vive ao nosso lado só a espera de uma oportunidade para nos decepcionar.

Sinto meus ombros pesados de ter carregado algo que pesa só de pensar, não sei se é o pensamento ou se é toda minha vida, estou cansado, exausto por caminhar por sendas que não irão levar a lugar nenhum.

Hoje procuro algo consistente que me faça seguir, e mais uma vez sozinho, nesse mundo que o solitário é o mais original, eu me faço de sonho para viver as minhas ilusões. Se tudo é muito difícil para ser entendido, não entenda, viva para que dúvida continue a atormentar você.

Nada pode ser tão perfeito como acreditar que tudo pode se transformar com o passar dos dias e do tempo, somos apenas matéria em transformação, nossa alma cuidará de nos fazer elevados, mas a carne irá acabar e nesta hora você irá perceber que nada é mais importante do que estar com quem te faz bem, e essa pessoa, quase sempre, é você mesma.

A porta está fechada, isso porque ela nunca esteve aberta.

sábado, 29 de setembro de 2012

Ilusão


Iludimos todos os dias para iludir nós mesmos e todos à nossa volta, a ilusão, causa imagens e sensações em nossos pensamentos e as palavras iludem o verbo e o verso dito que nem sempre foi escrito.

Ilusão é mentir, é esconder a imagem real, a palavra ideal, iludir é fingir, é demonstrar algo que não existe em você, quando nos iludimos, nos sentimos bem, mas depois vem á decepção, a ilusão, machuca sonhos e coração.

Machuca os ilusitados, os ilusionistas, machuca a cicatriz que fica e a ferida que machuca a consciência inconsciente da ilusão. Iludimos tudo e todos, mentimos, nos escondemos atrás de nossos medos para nos iludirmos e iludir a todo momento. Nossas máscaras tem figuras de ilusão, nossa decepção é a falta da verdadeira face da realidade.

A verdade sempre foi escondida para disfarçar a realidade de cada um, usamos da ilusão para sermos felizes, usamos da ilusão para sobreviver ao meio de ilusionistas, usamos da ilusão para acreditar em nós mesmos.

A todo momento nos escondemos atrás da máscara iludida, das mentiras malditas e das verdades não escrita, doce ilusão que salga o paladar de cada um que se ilude com a ilusão, com ilusionistas e iludidos.

Ô ilusão, você também está aqui, posso escrever ou você vai iludir minhas palavras?

Não ouço sua resposta, não vejo a ilusão presente aqui, mas tenho medo de ser iludido com este texto e descobrir que tudo aqui escrito, é ilusão.

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Meus passos


Por todos os caminhos que percorri deixei meus passos para trás, nunca voltei para procurá-los e muito menos procurei saber por onde eles andam ou estão andando, se ficaram ou continuaram, se sumiram ou se apagaram, e assim pensando eu lhe pergunto. Você sabe onde estão os meus passos?

Acredito que não, pois nem eu quem os criei sei onde eles ficaram, as marcas que deixei pelo caminho, profundas na areia e supérfluas no asfalto e nas calçadas, aquelas que deixei no cimento fresco, estão lá, todos passam olham e não sabem de quem é. Se eu não voltar e olhar, nem eu, saberei que são minhas e ficarão lá marcadas sem nome e nem identidade.

Durante nossa vida deixamos marcas, sejam elas em pegadas ou em palavras, sejam em atitudes ou omissão, são marcas, marcas que ficam pelo caminho. Durante nossa vida colecionamos marcas deixadas, algumas que marcam, outras que passam sem ser notadas.

Assim é a nossa vida, uma passagem de ida que nunca terá volta, e se existir, a volta, precisamos procurar as pegadas deixadas, pois o caminho de cada um de nós, será sempre o mesmo, mas as atitudes deverão ser mudadas.

Continuo andando para deixar minhas marcas, não desisto de seguir por vários caminhos, sejam eles certos ou incertos, sejam corretos ou incorretos, o que prezo, é pelas marcas que ficaram, e pelo suor que escorreu pelo meu rosto e me fez conhecer o gosto salgado de cada lugar que eu conheci e me fez chegar até aqui.

Não sei até onde vou chegar com os meus passos, só sei, que colecionei; pequenas, médias e grandes pegadas, e em cada uma delas, existem uma marca, e essas marcas estão na vida da minha família, dos meus amigos e todos que eu conheci, essas pegadas não estão na sua visão, estão no imaginário de cada um de nós.

Essas marcas que deixei, nada mais são do que pegadas, pegadas que ficaram pelo caminho, que sumiram com o vento ou ficaram junto ao tempo, se irei voltar e procurá-las, eu não sei, o que sei, é que meu caminho começa quando termina o meu viver.

Todos os caminhos nos levam pra um só lugar, por isso, siga o seu, deixe suas marcas sem olhar pra trás, se precisar voltar, volte e percorra com os passos mais firmes, porque na vida ás vezes precisamos dar um passo para trás para dar dois para frente.

Por isso...caminhe!

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Um otimista chamado João


Esperei passar a emoção para falar com a razão, esperei passar todo o momento do acontecimento para falar do sentimento que existe entre eu e esse cara chamado João Paulo Zambon, homenagem, fazemos na vida e não na perda, por isso, isso não é uma homenagem, mas sim, o que o João foi como ser humano.

Conhecido por João, João Paulo, Zambon, Jota e Jota Pê, não importa a forma que você o conheceu, o que importa, é a forma única que ele foi e será como ser humano perante todos nós.

Volto ao tempo da juventude para relembrar dele subindo a rua da minha casa para namorar minha vizinha, lembro-me do momento que conheci seu irmão, Catuto, e a partir daí nasceu nossa amizade que se transformou em uma irmandade. Alguns anos se passaram e o João, como eu o chamava, passou na faculdade federal de Itajubá, o João, foi embora, eu e o Catuto, seguimos o nosso caminho como amigos e irmãos, o João por poucos anos ficou longe, mas retornou com uma idéia que já tinha se consolidado lá em Itajubá, e essa idéia se chamava; Zapp! Eventos, eu, já trabalhava com eventos na rádio Jovem Pan Araraquara e topei o convite, mesmo dizendo que não tinha dinheiro para investir, o João disse; eu também não, vamos começar do Zero.

Começamos a Zapp! Eventos e nos tornamos a maior empresa de eventos em Araraquara, mas todo mérito sem duvida nenhuma foi do João, pois fazer evento em nossa cidade nunca foi fácil, por isso, ele rompeu barreiras e fez que a Zapp! Eventos, ultrapassasse barreiras e passou a fazer eventos em todo estado de São Paulo, como exemplo; InterUnesp. Além disso, tínhamos o apoio da família, primos, mãe e pai sempre juntos, e ainda, amigos que sempre nos ajudou e fizeram os eventos acontecerem.

O João sempre foi o cara de frente, e nós, eu e o Catuto, os caras da logística, e assim, seguimos, com alegrias e tristezas, mas, com ideais sempre, eu, acabei saindo da sociedade e dando espaço para um outro amigo, pois eu, não tinha mais como conciliar, o trabalho e a empresa, e assim, eles seguiram e transformaram a Zapp! Eventos, ainda maior, até serem produtores do show do Scorpions em Ribeirão Preto. E se hoje Araraquara está aberta para eventos, esse cara, é um dos principais responsáveis por este feito, o João, encarou e inovou o meio em nossa cidade.

Isso tudo ou pouco que falei não é nada o que representa a humanidade desse cara e da sua família que adotei ser minha também, a mãe Toninha, o pai Zambon e o irmão Catuto deixo meus sinceros sentimentos, pois nada irá substituir essa imensa falta, mas deixo aqui algumas palavras que não confortam, mas descrevem o grande ser humano que é o João Paulo.


Um cara que tinha os melhores princípios, que tinha uma alegria incomum e deixou uma virtude e um ensinamento a todos nós; essa virtude se chama OTIMISMO, ato que hoje não existe mais. A passagem mais marcante entre nós foi quando ele me fez conhecer a Sociedade do Ser, me deixou por lá um fim de semana, onde aprendi alguns princípios e passei a enxergar outros, no dia do resgate, jamais imaginei que ele estivesse lá para me abraçar e passou a ser meu padrinho de curso, essa foi nossa passagem, acredito eu, a mais marcante na nossa caminhada.

Na nossa ultima conversa, minha e do João, falamos da sua sobrinha e das vitórias do Catuto, falamos dos meus filhos e do nosso encontro com toda a família, não conseguimos realizar esse encontro com sua presença, mas tenho certeza que irei estar junto a sua família que sempre foi a minha.

A você meu irmão Catuto, na nossa ultima conversa, você me disse; Gui, você perdeu seu Pai, mas você pode abraçar seus irmãos, e eu, não posso mais abraçar o meu, e eu, lhe digo, você pode abraçar seu Pai e sua Mãe e buscar forças neles também, além de poder abraçar todos os irmãos que seu irmão João conquistou durante a vida dele, pois, o João, não criou amizades, mas sim, uma irmandade, sei, que nenhum desses abraços irão satisfazer a falta do nosso irmão, mas estamos todos juntos com você.

A família Marriero e Zambon, deixou aqui meus sinceros votos de superação pela perda que sempre será uma falta para todos nós.

E pelos ensinamentos que o João deixou, peço, que todos nós sejamos otimistas, alegres e divertidos, pois o João, sempre nos proporcionou, otimismo, alegria e diversão a todos nós.

A você João, fique em paz, te amamos, e mesmo com essa grande perda, iremos tentar entender essa distancia que ainda nós seres comuns não entendemos.

“Só se torna inesquecível quem passa pela vida para fazer a diferença.” (Gui Venturini)

terça-feira, 24 de julho de 2012

Grandes castelos da bola


O país da “bola da vez” que sempre foi reconhecido pela bola que nem sempre esteve em nossos pés, bolas que são dadas a todos os especuladores que querem colocar a mão nesse time chamado Brasil, o país do futebol.

O país de todas as raças, das crenças e da solidariedade, o país que está com a bola toda e hoje prioriza investimentos aos castelos dos reis da bola. É tanta bola que ficamos embolados, afinal, a distribuição deve estar sendo bem feita e haja bola para jogar.

Grandes castelos passam a ser construídos e enquanto isso, cortamos verba da saúde e nossa campanha da fraternidade deste ano tem o tema de; Fraternidade e Saúde Pública, será que moramos no mesmo país ou existe dois Brasil? Pra quem entende de crescimento, isso representa o crescimento, ou seja, após a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016, dizem que o Brasil terá um avanço ainda maior, mas eu, como não entendo de crescimento e nem desse tipo de evolução, posso dizer que iremos quebrar, calma, eu não entendo disso, por isso, não fiquem preocupados, afinal vai ter campo de futebol, e isso, que importa no país dos craques.

Enquanto isso , a bola rola e assistimos nos teles jornais a evolução do “craque” no Brasil, esse “craque” não é o da bola, mas sim, os que pedem para dar uma bola em uma pedrinha, aquele que rouba para saciar sua fome de bola, esse “craque” não joga mais é jogado e julgado por todos cantos, mas afinal esse é o país do futebol que em cada esquina tem um “craque” ou não? “É preciso mudar.”

Mas como nosso país não vai nem MAR e nem BEM vamos em frente porque os “craques” no país da bola e das celebridades viraram cantores e lotam estádios mais do que os próprios artistas da voz, precisamos rever alguns conceitos, pois, se jogadores estão enchendo estádios, a nossa música deve estar um fiasco ou não?

Nossa, nossa...assim você me mata...eu não!!!

Quem anda matando e sumindo com os corpos são os craques, afinal, os caras são “animal” jogam um bolão e se defendem muito bem no país da impunidade, mas a “cachoeira” de corrupção não há de acabar, pois dizem que essa água nunca vai secar e quem ainda não bebeu, irá um dia experimentar, será?

Não sei, pois essa bola está quicando para todos os lugares e logo mais ninguém mais será o dono dela, e isso, é preocupante, enquanto levantamos verdadeiros castelos da bola os “craques” faturam milhões, os artistas da bola, bilhões, e o médico que salva vidas, estuda seis anos precisa jogar em todos os times para poder fazer um salário digno e que faça jus aos seus estudos, mas vamos deixar prá lá porque o papo agora são as eleições para prefeito e vereadores, então agora tem, jogo de camisas para o seu time do bairro, churrasco no final do jogo e bola pra todo mundo, afinal o voto é um direito de todo “cidadão” e a partir dos dezesseis anos, não é? Menores votam, só não respondem pelos seus atos, mas podem votar, mas não tem problema não, amanhã tem futebol.

Antes de encerrar, duas perguntas para você responder e pensar;

1-Qual a primeira roupa que pais e avôs dão aos seus filhos e netos?

2-Qual o primeiro brinquedo que pais e avôs dão aos seus filhos e netos?

Entendeu porque somos o país do futebol?

“É preciso mudar” não só a lei para usuários e traficantes, “é preciso mudar” nossos conceitos como cidadãos primeiro para depois mudar as leis.

Luz, paz e sabedoria para todos nós.

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Campeão ou não, tu és o Timão!

O mais novo Corinthiano Campeão da família. Bruninho, meu sobrinho.

Um bando de loucos, de alucinados, de torcedores que respiram Corinthians, um bando de pessoas que são julgadas todos os dias pelos os torcedores dos outros times. Ser Corinthiano é difícil, fácil é vestir a camisa todos os dias mesmo sendo derrotado. Torcer para o Corinthians, não é apenas torcer, é vibrar, é gritar, é sofrer até o ultimo minuto. Torcer para o Corinthians é ser Corinthians todos os minutos, segundos e milésimos de segundo e não só os 90 minutos a partir do primeiro apito.

Esse bando de loucos chegaram invictos a final da Libertadores, criticados e desafiados todos os dias esses guerreiros lutaram, foram gladiadores e mostraram que dentro da sua arena quem manda são os donos da casa, independente de vitória ou não, pois existe um bando de loucos gritando. Eu sou Corinthians e nunca vou te abandonar.

Negros e Brancos torcem e honram as cores do seu time, Negros e Brancos se misturam e formam uma multidão com um só refrão; Timão e ô, timão e ô. Esse bando de loucos estão em todos os lugares, estão em todos os corações, pois Ronaldo, é fenômeno, é Corinthians, e também é paixão mundial e nacional, experimentou jogar nos melhores times do mundo, mas se apaixonou pela melhor torcida do mundo. Nenhum time do mundo irá sentir a sensação de ter doze jogadores em campo, mas o Corinthians sim, o décimo segundo jogador é um bando de loucos, nenhum torcedor de outro time irá sentir a emoção de ser Corinthians, porque pra ser Corinthians tem que ter DNA Preto e Branco, tem que entender que todos nós somos iguais perante uma sociedade e que esse bando de loucos irão continuar gritando, independente de vitória ou derrota, porque nós somos Corinthians, e quem mais valoriza nosso time, são vocês torcedores dos outros.

Hoje o dia amanheceu preto e branco, apesar, que existem mais cores no mundo do que o preto e branco, mas nós predominamos, porque hoje e sempre terão um bando de loucos gritando...

Salve o Corinthians, campeões dos campeões...

Esse texto é dedicado ao bando de loucos, amigos, meus filhos, meus irmãos e ao meu Pai, que foi e sempre será louco por ti Corinthians.

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Educação e gentileza

Educar é participar de todos os momentos.

Olá amigos (as) estive um pouco longe daqui porque nestes dois últimos meses fiquei focado no festival e sempre nesta época eu fico distante para poder dar mais atenção ao meu trabalho, afinal, é o meu ganha pão. Eu estava morrendo de saudades de poder escrever e poder expressar meus pensamentos, por isso, estou de volta e como sempre digo; aqui eu me sinto muito bem.

Há dois dias recebi um e-mail de um companheiro de festival me agradecendo pela atenção, educação e gentileza que eu o tratei durante todo o festival, neste momento, parei, pensei e respondi; não há motivos para agradecer, pois ser educado e gentil é uma obrigação de todo ser humano ou não é?

Por isso hoje gostaria de falar um pouco sobre essa gentileza e educação que está sendo esquecida, pois hoje não vemos mais ninguém sendo gentil e educado para o seu próximo, todos nós não estamos mais olhando ao nosso redor, estamos olhando só para frente e isso faz que cada vez mais sejamos; frios, mal educado e não gentis.

Estamos tão em falta com a gentileza e com a educação que quando nos deparamos com pessoas educadas nos espantamos e até agradecemos sua educação como foi o caso desse amigo que me enviou o e-mail de agradecimento.

No tempo de ginásio lembro-me da disciplina Educação Moral e Cívica, isso mesmo, tínhamos aula de civismo no ginasial para podermos aprender a praticar a educação, sermos éticos e acima de tudo patriotas.

Pode ser por isso que hoje está extinta a educação, mas a educação vem de berço, assim eu aprendi, não é a função da escola educar e muito menos do professor, pois muitos pais terceirizam sua função de educadores para os professores e por isso que hoje podemos ver cada vez mais pessoas “MALEDUCADAS”, assim dizia minha Vó, ela juntava o Mal com o Educada e assim ficava; MALEDUCADA.

Bom é relembrar esses momentos que não voltam mais, hoje sou Pai e sei da responsabilidade que tenho em educar meus filhos, e podem ter certeza, seguirei a cartilha da educação que os meus Pais me deram e sei que vou ser chamado de quadrado e careta, mas antes ser quadrado e careta do que ser ausente.

Como já dizia o profeta Gentileza; Gentileza gera Gentileza, e eu, o plagiando digo; Educação gera Educação. Essas são práticas que nos faz melhores como seres humanos, pois uma pessoa educada chama muito mais atenção do que uma mal educada, faça o teste.

E já que estamos falando de educação, muito obrigado por estar aqui e volte sempre que quiser!

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Facebook – O psicólogo virtual


Hoje falo de uma ferramenta que nos últimos dias passou a me preocupar, mas antes, gostaria de esclarecer que não bloqueie ninguém no meu “Face”, na verdade, cancelei minha conta e acabei não avisando ninguém, e fica impressão querendo ou não que eu acabei bloqueando, infelizmente, mas a verdade é esta que acabei de contar, cancelei minha conta, e digo porque, pra você meu leitor e amigo.

Fiz um teste comigo mesmo durante um mês inteiro usando o Facebook todos os dias, com isso, percebi que já não ficava mais um dia sem, não conseguia nem mesmo ficar longe dele por uma hora, principalmente porque o meu acesso era pelo telefone celular, passei a ser um “facebookeiro”, com isso, passei analisar o que meu ciclo de amigos e conhecidos postavam e foi aí que percebi que todos nós estamos doentes (desculpe-me amigos), sofrendo de uma carência muito grande, tanto emocional como psicológica, e o pior, nos isolamos das pessoas do convívio real para conviver com as pessoas virtuais.

A cada publicação percebemos mensagens de religião, de amor e até discussão de relacionamento, coisa que antes era apenas discutido pelo casal em um local que só os dois pudessem resolver, mas não, agora se tornou explicito para todos. Também se tornou explicito tudo que fazemos, ou seja, vai a padaria, comunico no Face, vou ao cabeleireiro, tiro uma foto, e posto, vou a academia, tiro uma foto malhando e assim nós vamos comunicando a todos o que estamos fazendo naquele momento.

Aí eu lhe pergunto; quem está interessado em saber o que você está fazendo naquele momento ou com quem você está? Pera aí, eu me coloco nesse bolo também, pois por muitas vezes eu me peguei fazendo as mesmas coisas, neste momento, eu, me coloco no mesmo lugar de vocês, mas agora com uma pequena diferença, me torno o advogado do diabo.

Essa exposição gratuita é muito perigosa, e além disso, percebo uma doença em todos os seres humanos, uma doença chamada carência que vem da própria era digital, ou seja, estamos conectados, estamos nos comunicando em qualquer lugar do mundo, mas não estamos mais nos tocando e muito menos sentido o calor humano, o calor, passou a ser virtual e isso a cada dia passa a ficar pior e passa a esfriar cada um de nós.

Faça você também essa analise, pare, perceba os movimentos, as palavras, os questionamentos que são feitos no Facebook, são todos movimentos programados, o CURTIR, é uma obrigação, ás vezes, você acaba de postar algo, alguém já curtiu o seu post, será que essa pessoa leu o que estava escrito? Muitas vezes eu vi pessoas curtindo algo que era apenas para ser comentado, nos tornamos rápidos demais para poder pensar, pois pensar leva tempo e o tempo para todos nós é precioso. E com essa falta de tempo, paramos e nos consultamos com o nosso psicólogo virtual, nada melhor ou pior para acontecer em plena era digital.

Um pedido Facebook, não fica enviando convites em nome dos meus amigos pra eu fazer parte desta rede que eu já fiz parte, e agora, não tenho nenhum interesse em voltar, muito obrigado se meu pedido for atendido, coisa que não vai acontecer.

Pra você amigo (a), continuo aqui, neste espaço, onde expresso o meu pensar de uma forma calma, linear e bem mais expansiva e expressiva.

Neste momento, convido-lhe, a pensar.

sexta-feira, 30 de março de 2012

Plena, Plenitude


Plenitude Alterada,
Horizonte denso,
Verdes sonhos,
Por do sol acinzentado.


Em um mar de palavras, naveguei.
Naufraguei todos meus sentimentos
E descansei sobre pedras.


A terra vermelha que manchei,
Deixei rastros de saudade.
Incorporei sonhos,
E me embriaguei em duvidas.


Chuva de histórias eu contei,
Sonhei um jardim de ilusões
E me encontrei sozinho.


Todos os espinhos, eu guardei.
As rosas que colhi, eu joguei.
Todos os amores, deixei para trás
Para poder me esconder de você.


Plena, plenitude.
Alegre de alegria.
Paixão, apaixonante.


Assim a vida vivida me leva,
Assim sou eu em busca do nada.
Na descoberta do outro,
No encontro de mim.

(Autor: Gui Venturini)


quarta-feira, 28 de março de 2012

Paz, amor, revolução e guerra


O retorno para mais um ano começa agora, pelo menos pra mim, passou as férias, passou o carnaval, então vamos começar. Gostaria de aqui deixar algumas frases que pra mim tem um grande valor e muito mais do que frases e valores, são os seus significados.


Faça amor, não faça guerra”.


Esta frase foi usada entre os anos 60 e 70, a palavra de ordem de milhares de manifestantes que se opunham ao envolvimento dos Estados Unidos da América na guerra vietnamita que originou também outra frase conhecida como “Paz e Amor” símbolo do movimento hippie.

O mundo de ontem, de hoje e de sempre, pede paz, pede amor, mas ainda podemos ver pessoas fazendo guerra, fazendo civilizações inteiras sofrer por ideais sem ideias, a guerra continua, nas ruas, nas famílias, nas escolas, no trabalho e em todo lugar, e o pior, a guerra sua com o seu interior.

Não conseguimos ainda parar de lutar pela doença chamada poder, o poder é a causa de todas as guerras, esse poder se chama dinheiro, por isso, iremos continuar vivendo em um fogo cruzado, onde pessoas fazem guerra e não amor, pois o poder compra o amor e financia a guerra. Os ditadores de uma falsa democracia continuam no poder e com o poder, e você, com o que está? Com uma bandeira branca? Com uma ferida exposta?


Saiba que única revolução verdadeira é o amor, pois, sem ele, não iremos revolucionar nada, revolucione todos os dias da sua vida, faça muito amor e busque a paz interior, pois, o amor é a única revolução verdadeira.

“E que em cada coração, árido ou concreto
Pulse uma semente de primavera
Como a luz que da janela emana raios de coragem
Coragem é agir com o coração
Coragem é agir com o coração
E que pra cada ato de coragem nasça uma flor
Uni-vos em torno da luz
Há um horizonte inteiro de amor dentro de cada um de nós
Para encontrá-lo basta acreditar que sim
Da luz eu sou, na luz eu me movo
Da luz eu sou, na luz eu me movo
O amor é a única revolução verdadeira”!
(Tico Santa Cruz)

Que a paz e o amor estejam presentes no pensamento, no coração e em cada ação em 2012.

(Foto: Rich Lam/Getty Image)

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Meu descanso anual

Depois de um ano bem tumultuado de muitas mudanças e transformações, e claro, pra melhor, pois este ano estou tendo o prazer de aprender com dois novos seres que estão habitando a nossa casa, Lorenzo e Benicio, meus filhos, meus amigos.

Foi um ano de muitas novidades, pois a cada dia podemos aprender algo novo, as mudanças do nosso dia a dia, é constante, não é mais aquela mesma rotina e as transformações acontecem no passar dos dias, pois, todos os dias agora tem uma novidade, tem um sorriso diferente, tem uma fala a mais, um carinho novo, uma risada gostosa e um olhar apaixonante, hoje tudo é novo e ainda será muito mais.

Confesso que é um pouco corrido pra mim, pois, moro em uma cidade e trabalho em outra, faço esse vai e vem todos os dias, à noite, vou para faculdade e encerro o dia apenas colocando os dois para dormir, ouço, apenas resmungos durante a noite, mas só tenho o prazer de ver o sorriso dos meus meninos na manhã do próximo dia, onde, começa a minha rotina que não é tão rotineira assim, vejo o bom dia nos seus olhos e sonho com o boa noite deles todos os dias, mas posso dizer que é muito bom estar aqui com vocês.

Hoje entro em férias do trabalho e tiro férias da faculdade por conta própria, pois, quero poder rolar com vocês e transformar o nosso mês em uma semana mágica, para podermos sorrir e cantar, pular e dançar, abraçar e beijar.

Saio de férias e desligo a minha conexão com o mundo virtual, nestas férias quero acumular histórias, fotos e tudo que eu puder aprender de novo com os meus professores, Lorenzo e Benicio, meus filhos, meus amigos, minha vida, meu amar.

Até a volta!

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Tudo que pensei em falar e não falei porque me calei



Se eu digo o que penso em dizer, penso o quanto irei calar você, você que não tem coragem de dizer o que tem vontade, e por isso, se esconde atrás das palavras não ditas. Eu falo para você e vejo nos seus olhos a tristeza de ouvir o que eu penso e que você não tem coragem em dizer, por isso, falo por você e por todos que se calaram por não ter coragem de dizer o que pensam.

Calam-se todos os dias as vozes que tentaram falar, calam-se vozes que não deixaram falar, calam-se vozes que falaram e não foram ouvidas, calam-se vozes, pessoas e sonhos. Eu falei o que você não queria ouvir e por isso estou aqui a escrever o que falei e o que tentei falar e acabou ficando para trás.

Palavras são jogadas e engolidas, palavras que ficam guardadas nas margens da ignorância sábia da sua consciência descansam. Inconscientes palavras que ficam escritas em uma folha em branco próximas ao abismo da solidão. Palavras que não são aproveitadas e falas que não são ouvidas, apenas são jogadas no canto da sala e ficam à espera das suas palavras.

Eu gritei para você ouvir e ninguém me ouviu, todos estão surdos na multidão, á multidão não fala mais e não ouve mais, só segue o caminho que os olhos do outro caminha. Doutrinaram as palavras, o pensamento e os sentimentos. Doutrinaram minhas escolhas, meu pensar e minhas palavras. Quero falar, mas ninguém me ouve mais, quero escrever, mas não escrevo mais, sabe porque? Porque eu não me ouço mais, dentro de mim, vive outro alguém a me guiar, a conduzir minhas palavras e assim não digo mais o que penso, apenas, ouço vozes no silencio.

Vozes do alem,

Vozes a quem,

Vozes do bem.

Minha voz, sua voz, nossas vozes vivem a sussurrar, a declamar sonetos ocultos, poemas obscuros e frases confusas. O texto que escrevo é contrário ao seu pensar e por isso faço do confuso uma forma de me expressar, pois a minha fala ficou a desejar. Mesmo que tente dizer não irá conseguir me ouvir, pois o vento trouxe uma nova voz, a voz do sonhar, não vou me calar, mesmo sabendo que você não irá ouvir, mas continuo a cantar.

Hoje eu caminhei sozinho em um campo verde de palavras, onde colhi todos os verbos a lhe falar, mas você não os ouviu novamente, por isso me calei, para mais uma vez não dizer o que pensei, porque você mais uma vez não irá me ouvir.

Calo-me novamente.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Salvando a gentileza e a educação

Procura-se pessoas gentis e pessoas educadas.

Requisitos: Seres Humanos de todas as raças, credo e opção sexual.

Trabalho: Propagar o bem, a educação e a gentileza.

Remuneração: O amor compartilhado e retribuido.



Depois deste belo filme, paramos, pensamos e podemos ver o quanto somos indelicados, frios, não gentis e mal educados. Fico pensando o que nos move a ser gentis? Será que é quando recebemos algo de bom procuramos retribuir ou a gentileza está relacionado com a educação de cada um?

Acredito que os dois atos podem gerar a gentileza, ser gentil faz que o ato contamine a outra pessoa e assim por diante. O profeta Gentileza é o idealizador desse ato, pois, ele sempre disse; gentileza gera gentileza e isso não tem como contestar. E também acho que a educação faz que a gentileza seja lembrada, pois, pessoas educadas manifestam gentileza ou não?

Eu acredito que está faltando seres humanos gentis, está faltando seres humanos educados ou não está? Será que não estamos mais preocupados em conquistar o material do que estar conquistando o ser humano? Não estamos deixando de lado a nossa gentileza por que o nosso tempo é curto? Não estamos deixando nossos filhos em companhia da TV, do computador, do Vídeo Game? Será que nós como seres humanos estamos perdendo nossos sentimentos? São muitas perguntas, eu sei. Mas é o único jeito que tenho para poder encontrar as respostas por tantas indelicadezas e insanidades que vejo no mundo que vivemos.

Eu não quero isso para os meus filhos e por isso luto a cada dia para tentar mudar pelo menos a minha volta, tento fazer pelas pessoas que eu convivo todos os dias, a praticar hábitos que estamos esquecendo, e aí, você me pergunta, como?

Simples, praticando todos os dias hábitos como dizer um bom dia, uma boa tarde, um obrigado e um com licença, afinal, são palavras agradáveis para abrir caminhos e oportunidades.

Tivemos a oportunidade de fazer esse trabalho o ano passado com o projeto EducAção – Uma ação do bem, onde saímos as ruas da cidade de Araraquara e passamos a cumprimentar as pessoas na ruas, foi impressionante ver que todos se assustavam em vem tal ato, pois ninguém mais está acostumando a fazer isso. Os pais já não ensinam mais os seus filhos a dizer bom dia, culpados sim, são os pais, e não tenho constrangimento nenhum em dizer, pois é isso que acho, e é isso que faz que o mundo onde vivemos, torne cada vez mais frio e indelicado.

Este vídeo mostra nossa ação feita o ano passado para um trabalho da faculdade, mas nós, como cidadãos não vamos parar, estaremos este ano novamente incentivando bons modos entre as pessoas e vamos continuar levantado essa bandeira; EducAção – Uma ação do bem.


Eu, não vou desistir e espero que você não desistir também, juntos somos melhores do que sozinhos.

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Percepção


Hoje eu percebi que ninguém pode lhe estender a mão sem ser você mesmo. E quando você está em uma situação ruim, ninguém está preocupado com você, além da sua família.

Percebi que para amar não basta querer, e sim, sentir. E quando não sabemos disso, sofremos e fazemos sofrer.

Percebi que tudo na vida existe consequências, pois quando gastamos o nosso rico dinheiro, ele acaba, e ninguém lhe dará mais sem você se esforçar. E quando mais você precisar dele, você nunca irá tê-lo rápido, por isso, economize.

Percebi que o trabalho só é bom quando fazemos o que gostamos, mas demoramos muito para descobrir isso.

Percebi que fazemos muito mais para os outros do que para nós mesmos. E quando nos esquecemos de nós, nos esquecemos do nosso valor.

Percebi que existem mais pessoas querendo o seu mau do que querendo seu bem, por isso, construa uma irmandade e não uma amizade.

Percebi que uma noite de sono é tão valiosa depois que passei uma noite em claro após completar trinta anos. E quando você passa dos trinta, você percebe que deve mudar seus costumes.

Percebi que um ambiente onde existe bebida, é um ambiente falso e ilusório. E quando você percebe isso, pode ser tarde demais.

Percebi que todas as respostas estão dentro de nós e que não precisamos perguntar tanto para tentar entender a vida, pois não entendemos, só vivemos.

Percebi que para ter um Deus no coração, não é necessário ir à igreja e nem ter uma religião, basta ser bom e fazer o bem.

Percebi que não existe lugar melhor para um descanso do que um pedaço de terra, seja na vida ou na morte.

Percebi que mesmo que tente mudar o erro do mundo, o mundo nunca esteve preocupado em mudar os meus erros.

Percebi que fumar dá prazer, mas tira ele também. E tudo que é bom, se torna vício, e todo vício, não é bom.

Percebi que quando os Pais falam, não queremos ouvi-los, e quando queremos, já é tarde demais.

E que só sendo Pais, entendemos o significado e a responsabilidade de educar um filho.

Percebi que são com as crianças que aprendemos e não com os adultos. E que todos nós temos a oportunidade de amar mais do que uma vez.

E por fim, quando percebemos tudo isso, já erramos demais para poder consertar, por isso, devemos recomeçar.

Recomece, pois a vida é um aprendizado, e viver, será sempre um recomeço.


sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

A bela nos braços da fera


Esta semana eu me deparei com a seguinte frase; “tá todo mundo vendo a baixaria do BBB, menos a Luiza que está no Canadá”. Você também deve ter cansado de ouvir, de ter lido e compartilhado mais uma modinha como esta nas redes sociais, mas o quero expressar não é apenas o assunto, e sim, toda sua repercussão e o que podemos tirar como exemplo.

Entenda o Meme ou Viral

Para você que não entendeu a brincadeira, eu vou explicar! Tudo começou com um anúncio sobre o lançamento de um prédio residencial veiculado na Paraíba.

Na propaganda, Geraldo Rabello, pai de Luiza, fala sobre o empreendimento e cita que convidou toda a família para falar da novidade, menos Luíza, de 17 anos, que estaria no Canadá, fazendo intercâmbio. Bastou apenas esta frase para que um novo meme fosse gerado. A propaganda que começou a ser veiculada, na quarta-feira passada (11/01), virou o assunto mais comentado no Twitter, liderando os Trending Topics do Brasil com a hashtag #LuizaEstanoCanada, além de diversas montagens que foram veiculadas no Facebook. Além de ter sido matéria nos principais órgãos de imprensa de todo o país.

Bom, então vamos expandir nossa visão e o pensamento sobre este bordão, acho muito interessante e fico muito impressionado com esse tipo de manifestação publica que através de uma frase que uma pessoa achou interessante ou engraçada fez que a Luiza virasse uma celebridade. A Luiza já está de volta do Canadá e já chegou com vários compromissos, ou seja, transformaram a Luiza em celebridade sem perguntar a ela se ela gostaria de toda esta exposição. Pelo que senti em suas entrevistas, não, ela não está gostando nem um pouquinho desta exposição.

O sucesso está sendo tão curioso que o bordão virou musica sertaneja e tema de carnaval e com toda certeza, a Luiza, deve estar sendo procurada e muito para outros trabalhos, pois, Luiza é uma princesa, sua beleza impressiona muito mais do que sua popularidade instantânea, Luiza com sua fama irá inspirar ainda muita gente, mas o que é mais interessante pra mim e que acho muito legal, é que Luiza não está gostando nem um pouquinho dessa popularidade.

Esse é o verdadeiro exemplo de sorte, e mostra também, a força que a televisão tem de influenciar as pessoas, pois, sem nenhuma pretensão, Luiza se tornou uma celebridade neste Brasil, que é um país que adora criar moda e celebridades, mas aí eu lhe pergunto; quem foi o “cara” que enxergou que o bordão era legal para virar um viral?

Esse com toda certeza não irá aparecer, porque mais importante que ele, é a Luiza e pai dela. Enquanto assistimos reality shows que participantes querem aparecer a todo custo, por outro lado, vemos que quem faz a fama de cada um é o povo. Pensando assim, reparamos que foi o segundo ato de manifesto da semana, pois, após a baixaria do BBB, que foi levantado pelo público a bandeira do suposto “estupro”, agora, vemos mais um manifesto popular. Com isso chegamos a mais uma conclusão; o povo lhe dá fama e também tira ela.

Percebeu a força que temos em nossas mãos? Por isso, que devemos fazer da mesma forma com nossos representantes, pois, nós damos a eles, a fama, ou seja, o voto, se ele não agir da forma que pensamos, honrando e nos representando de verdade, podemos tirá-los, porque temos força para isso e o maior exemplo foi esse; Luiza, a bela que está nos braços da fera.

Juntos, somos melhores do que separados.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

A casa caiu, virou BBBaixaria

A BBBaixaria começou bem antes do que todos nós imaginávamos, este “caso” que é o assunto do momento, o suposto estupro, que pra mim, além de ser uma palavra muito forte para ser colocada para um ato que já aconteceu em outras edições e não foi colocado como "estupro". E que ocorre todos os finais de semana nas melhores famílias, e não adianta você se fazer de surpreso(a), pois, após as noitadas regadas com muita vodca, onde jovens como esses que participam do BBB praticam atos como estes e só vão perceber o que fez no dia seguinte, e às vezes, nem lembram com é o caso da moça do nosso assunto.

Falo isso porque hoje vejo que a cerveja não é mais a bebida desta moçada, e sim, a vodca ou bebidas mais quentes como são chamadas. Enquanto o país faz uma campanha contra o uso de bebidas para menores de 18 anos, colocamos em um BBB, festas regadas a muita bebida e a consequência só pode ser essa, mas além disso, qual é a quantidade de camas que tem no BBB? Porque a pergunta? Porque a quantidade de camas é menor que a quantidade de participantes, e assim, já induzindo, a acontecer algo, entendeu?

Acredito que o pior de tudo é saber que a moça envolvida disse ao intelectual BBBial, quando indagada sobre o assunto, “que foi só um lance” e pior ainda foi saber que o apresentador disse quando viu a cena; “o amor é lindo”.

Eu como ser humano estou perdendo a minha referencia sobre o que é o amor, e qual é o seu significado, pois, ouvir isso, e ver todos os dias as relações amorosas de hoje em dia me faz perder as minhas referencias e perceber que devo viver em outro mundo.

Esse assunto ainda irá dar muito pano para a manga e mais ibope para o Big Besteirol Brasileiro, afinal é disso que o povo gosta, e lendo na coluna do José Simão, ele disse; vamos trocar o BBBial e colocar o Datena, porque a casa caiu e virou caso de polícia. Hahahahahahaha

Mas voltando a falar sério, o que mais me preocupa e o que mais me incomoda é saber que os pais da moça não tiraram ela da casa, e deixa que a cada dia a imagem dela seja mais manchada, falo isso, porque vivemos em um país machista, tem muito machão dizendo, ela deu mole, moça de família não vai para embaixo de um edredom com quem mau conhece. Não cabe á mim julgar quem está certo ou que está errado, acredito que exista mais erro do que acertos neste caso, mas conseguiram acabar com a ligeira fama do rapaz e agora a família da moça vai deixar que isso aconteça com ela, e tudo isso, por causa do maldito dinheiro, pois a mãe do rapaz já quer saber da Rede Globo qual foi a regra que o filho dela infringiu e não aceitou o advogado que a emissora lhe ofereceu, porque?

Eu respondo, porque a família do rapaz também vai querer mamar na teta gorda chamada Globo, e já que o dinheiro fala mais alto e não o caráter neste país, com o erro de agir na precipitação tudo isso irá custa e muito, mas afinal, dinheiro é que não falta para emissora, já que foi a segunda emissora que mais faturou no mundo em 2011.

...Essa é nossa realidade e é só mais uma cena dos próximos capítulos...

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Injustiça Minha – Caça & Caçador


Acredito que fui injusto no meu ultimo post quando falei somente do Big Besteirol Brasileiro, acabei esquecendo de falar da mais nova BBBarbaridade da TV Brasileira, ou melhor, da TV Bandeirantes, Mulheres Ridículas, opa, Mulheres Ricas, está mais para Ridícula do que Ricas, mas vamos seguir o assunto neste meio Caça e Caçador, pois eu fiquei na dúvida agora, qual é pior? BBB ou MR? Difícil, né?

Mulheres Ridículas é um reality show (show real), mas nem tão real assim, afinal, essa não é a nossa realidade, não é a realidade do nosso país e nem do público que assiste uma ridícularidade dessa, afinal, essa é a realidade dessas personagens “ricas”, só pelo dinheiro, pois, não tem nenhuma riqueza espiritual e muito menos como ser humano. Todo esse dinheiro gasto e que as senhoras esbanjam, deveriam ser destinados para ações sociais, ou pelos menos parte deles, pois merecem desfrutar sim de suas riquezas, mas precisam aprender a dividir também com o povo que não tem o mesmo privilégio que os seus, as senhoras, deveriam ter vergonha de mostrar esse viver de soberba e mediocridade e sem nenhuma noção da realidade. O Big Besteirol Brasileiro, neste caso, ainda é um pouquinho melhor, pois lá, os personagens se colocam ao ridículo para ganhar uma grana, e as senhoras, colocam-se ao ridículo para gastar sua grana. É como Caça e Caçador, enquanto uns caçam, outros, são caçados, certo?


Caça & Caçador, poderia ser um novo reality show da TV Brasileira, o que acham? Bom, vou dar uma ideia para as TV´s que querem inovar, vocês deveriam criar este novo show real, pois seria bem real mesmo e tenho certeza que seria campeão de audiência, pois é só nisso que vocês pensam, não é?

Vamos lá então para minha ideia;

Nome: Caça e Caçador, já teria até o tema de abertura que seria com o Fábio Jr. e um trecho da musica diz assim... “Acredito que estou Vivendo em outro mundo”... e devo estar mesmo, mas aí veio algumas musicas que podemos já fazer uma trilha sonora para o meu reality, que tal, Michel Teló, “Ai se eu te pego, ai ai se eu te pego”, tudo haver, não acham?

Bom, vamos lá para as regras do programa, Caça & Caçador será realizado em uma arena, igual as dos Gladiadores da antiguidade, isso mesmo, montaríamos uma arena e colocaríamos de um lado o Caçador(Personagem) e do outro a Caça(Tigre), sem armas, apenas com o que a natureza nos deu, inteligência e para os Tigres o seu instinto, apesar quê, acredito que os Tigres são mais inteligentes do que muitos seres humanos, aí, quem saísse vivo da arena, já estava classificado para a final, seriam dez participantes com dez desafios, os sobreviventes, teria uma luta final novamente com mais um Tigre e quem sobrevivesse levaria o grande prêmio, o que acham? Justo, não seria, pois o homem gosta de ser superior aos animais, gosta de aparecer e se expor e gosta do poder (dinheiro), então, seria o reality perfeito. E outra, seria respeitado a leia do mais forte, como nós vivemos hoje em nosso país, a lei do mais forte, e claro, o sangue derramado.

Você acha que eu sou cruel? Não. Eu não cruel, a televisão é cruel, a mídia é cruel, a política é cruel e essa sociedade de hoje é cruel, eu sou realista, afinal, essa realidade que é imposta pra você é surreal, deixo claro, essa é a minha verdade.

E já teria até os participantes das primeiras três edições;

1ª Edição – Nossos Senadores e Deputados.

2ª Edição – Lutadores de MMA

3ª Edição – Alguns Artistas da TV Brasileira.

O que acham? Pode deixar suas sugestões também, afinal, essa é nossa realidade, e não, as que são colocadas todos os dias na telinha da TV.

Tenha um ótimo dia, apesar quê, precisamos de dias melhores, opa! Outra musica!

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Mais um BBB, agora será o 12 (somos insistentes)


Salve, salve, vai começar a BBBaixaria...BBBordão do Pedro BBBial e por sinal, super chato.

Começa mais uma edição do Big Besteirol Brasileiro, pois não será nada mais do que isso, os personagens mudaram, mas só pelas palavras deles nos programetes na programação já podemos perceber que é o mesmo tipo de personagem, ou seja, algumas gostosas sem conteúdo nenhum, uma que fala o que pensa, mas não pensa nada, pois se pensasse não estaria no BBB, aí vêm os BBBombados, sempre o mesmo tipo de personagem, pseudos intelectuais que não sabem finalizar uma frase e muito menos discutir um assunto de relevância e que possa levar algo que instrua os telespectadores, mas como sou tonto mesmo, acha que eles querem isso, claro que não, eles querem doutrinar jovens iguais a esses que participam, BBBizarros, pois assim é mais fácil para embutir as ideias na cabeça oca de cada um deles.

Ah!!! Também teremos aquelas assim, sabe tipo assim, sabe, ah!!! Você entendeu, é só tipo, nada mais que isso. Também sem dúvida nenhuma precisamos ter um homem do campo, um cara que mexe com a terra, também um homossexual ou BBBi tem que ter, um(a) BBBaiano(a)...oH! BBBichinho!!! (com todo respeito aos baianos), e claro, um lutador, será que esse ano é um lutador de MMA, tá na moda falar de MMA e claro que teremos, o mega, hiper e Big intelectual, Pedro Bial, com seus textos poéticos cheios de rimas, cultura popular e elitezada e muitas graças, aí você escuta uma louca dizer, lindo, meu Deus, se o Pedro Bial é lindo precisamos rever os conceitos de beleza, mas, BBBeleza, não se põe na mesa, só na tela da TV, e também no BBBunda não irá faltar as formosidades, esculturais e volumosas, afinal é de bunda que muita gente vive nesse país.

Você deve estar pensando, mas pra quê falar e dar ibope para os caras, não, não estou dando ibope pra ninguém, pois, meu blog é para apenas um grupo pequeno de leitores que tenho certeza que não precisava nem ler isso, porque tenho certeza que pensam como eu, mas como todo mundo só fala BBBem dessa BBBesteira, isso para não escrever BBBosta (ixi escrevi), não podemos fingir e nem fechar os olhos, apesar, que às vezes é melhor fechar os olhos e tapar os ouvidos, pois muito BBBesteirol vem por aí.

BBBem Vindos ao Big Besteirol Brasileiro.

A vocês leitores de hoje e de sempre,desculpe-me pelas baixas palavras, mas tem hora que precisamos desabafar.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Uma paixão


Todos nós temos paixões, essas paixões não são as paixões amorosas de relacionamentos passados, o que falo é das paixões em gostar de algo que marcou a sua vida, bom, sei lá se estou conseguindo passar o que estou pensando, mas vamos lá.

O que realmente quero falar pra você é que agora o Linguagem Pop tem sua rádio própria chamada Total, é isso mesmo, Rádio Total - Linguagem Pop, pois essa é uma das minhas paixões, o rádio e a música, tive o prazer de trabalhar no rádio durante dez anos e posso dizer que o rádio é mágico, bruxo e enfeitiçador.

Bom, mas vamos falar da rádio, o nome é Total porque ela totaliza todas as ideias e todos os estilos, bom, nem todos, na verdade são os meus gostos musicais, afinal a programação foi feita por mim mesmo, claro, ainda falta algumas musicas, mas durante a semana eu vou acrescentando. E o mais legal, se você quiser ter a sua, você pode, pois, é gratuito o site onde você pode montar a sua rádio e sua programação, basta clicar aqui.

Então, convido você para curtir a Total, pois o som que está guardado dentro de nós é o sangue que corre em nossas veias, o ritmo, é cada batida do nosso coração e a música é o pensamento e os nossos sonhos.

Ouça sua música e venha relembrar sua história na Total Linguagem Pop.

Atenção: Se a musica incomodar, favor clicar na pausa (parar) na caixa superior do seu lado esquerdo no blog,.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails