segunda-feira, 25 de abril de 2011

Fora do Ar


 
Pra quem acompanha já há algum tempo o Linguagem Pop sabe que nesta época sou obrigado a parar para me dedicar exclusivamente para o Festival Viola de Todos os Cantos, por isso, meus amigos (as) ficarei um pouco distante daqui para focar no meu trabalho que agora exige um pouco mais de mim.

Obrigado pela atenção sempre dispensada aqui e até breve.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Família Feliz


Não, não vou impor que minha família é feliz, pois toda família tem seus altos e baixos, mas claro que fazemos o impossível para sermos felizes, principalmente agora com a chegada dos meus dois filhos.

Mas o assunto não é minha família, mas é o modismo, moda agora chamada de Família Feliz, muito bacana, mas para mostrar felicidade em família não é colando adesivos em carro e sim com atitudes e respeito entre cada um.

No trânsito pra onde você olha você vê os adesivos de uma Família Feliz, e tão feliz que o animalzinho de estimação também está junto e até sorrindo. Agora fico pensando, só porque eu não tenho um adesivo Família Feliz em meu carro, a minha família não é feliz? Acho que não né? Ou sim?

Isso é bem o pensar de uma sociedade que não está preocupada em fazer e sim em estar na moda e impondo uma realidade não tão real, mas este assunto, eu acho um pouco complexo e seria melhor parar por aqui.

Onde quero chegar é que agora o adesivo Família Feliz está sendo acusado de ser um adesivo que passa dica para bandido, pois é só olhar na traseira do carro e o suposto bandido já sabe quantos integrantes tem na família e assim pode fazer algo contra a Família Feliz.

Socorro!!!

Minha gente se pararmos para pensar assim não podemos nem mesmo sair de casa, pois pode ficar próximo a sua residência uma pessoa e contar quantas pessoas sairam de sua casa hoje, em uma semana, este suposto bandido também saberia quantas pessoas tem na sua casa e não seria necessário olhar o adesivo Família Feliz, certo?

Poupe-me dessas idiotices criadas por uma sociedade que só cria moda e fantasmas, primeiro você vai e gasta com adesivo e agora você vai e arranca, aí lhe pergunto, onde está seu direito de agir e pensar por si só?

O que está faltando para essa sociedade é um pouco de trabalho, pois como meu finado pai dizia; “cabeça fazia é oficina do capeta”.

\o/ \o/ \o/ \o/


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails