quinta-feira, 24 de março de 2011

Superando obstáculos


Gostaria de deixar aqui meus sinceros agradecimentos a todos os seres humanos que aqui deixaram suas palavras de afeto e carinho no meu ultimo post em um dia tão especial na minha vida, da minha esposa, dos meus filhos e da nossa família.

Demorei um pouco para colocar novas fotos, pois após o nascimento do Benicio e do Lorenzo os meus pequenos foram para UTI que neste momento gostaria de chamar de Unidade de Talentosos e Intelectuais e sem pretensiosismo nenhum, pois condeno idolatria e pensar que os meus sejam melhores que os seus, pois não somos maiores e nem melhores que ninguém, somos todos iguais e também não queria deixar ninguém preocupado após tantas alegrias aqui escritas.

Para você entender, logo após o nascimento dos gêmeos, começamos á perceber a relação entre eles, pois o primeiro a ir para a UTI foi o Lorenzo, após três horas o seu irmão Benicio que estava ótimo começou a ter oscilações de Hipoglicemia igual a do seu irmão. Ficamos apreensivos, pois somos pais de primeira viagem, mas após alguns dias ficamos sabendo que isso era comum entre gêmeos e prematuros, mas como ficar tranqüilo com dois filhos em uma UTI?

Bom, assim começa a nossa luta e a destes dois seres para reabilitação e nós pais preocupados e frustrados por não poder levá-los para casa, já que a Mãe já tinha recebido alta e eles teriam que ficar em seus aquários (incubadoras) para aprenderem a nadar, afinal, são dois peixinhos e mais cedo ou mais tarde, eles terão que nadar sozinhos (essa é a lei da natureza).

Passados alguns dias na UTI o Benicio recebeu alta e a Mãe voltou para o hospital para ficar com ele enquanto o Lorenzo continuava na UTI e a cada dia se recuperava e mostrava a sua força em vencer esse seu primeiro obstáculo no planeta terra.

Hoje posso dizer que cada acontecimento foi um aprendizado, pois esperar por eles se recuperarem, me deu mais paciência, pois sei que irei precisar e muito na criação deles, passar pelo um momento de preocupação, me fez conhecer um novo amor, um amor que é inexplicável, que podemos chamar de amor de pais para filhos, e esta foto que fizemos, me fez enxergar quê; mesmo que minhas mãos sejam dez vezes maiores do que a deles, que meu amor seja infinito perante o deles e que minha força seja superior ás suas, eles nos mostraram que para vencer obstáculos não é preciso ser grande e nem forte, precisamos acreditar e crer que o amanhã será sempre melhor.



Hoje após quinze dias de visita ao hospital posso dizer que viver com esses novos seres será um eterno aprendizado para nós pais, e obrigado a você pelas orações e energia positiva depositada aqui.

Agora eles já estão em casa e começando a escrever as suas histórias.


Benicio


Lorenzo


Benicio


Lorenzo

Benicio

Lorenzo

Benicio e Lorenzo, meus filhos, meus amigos.


Agora convido você para conhecer o nosso novo blog, Lidando com Gêmeos, onde contarei o aprendizado com esses novos seres e também eliminar lendas e tabus sobre gêmeos. Será um espaço para troca de informações e auxilio para pais de gêmeos, confira clicando aqui.

quarta-feira, 9 de março de 2011

Nascimento


Plantamos e cultivamos as sementes até o seu nascimento, até o seu desabrochar.

Regamos, lapidamos e amamos todos os dias essas sementinhas, esses diamantes, esses dois corações que se tornaram seres humanos.

O nascimento é o começo da existência, é o começo de um novo amor, é a renovação da vida dos pais, da família e dos filhos também.

Nascer é iniciar um novo ciclo, é cuidar, é amar e se preocupar com o amanhã, apesar quê, o hoje tem um significado bem maior.

Nascemos todos os dias a partir do momento que acordamos, levantamos da cama e abrimos a janela para ver o astro rei também nascer. Receber os primeiros raios do Sol é receber a energia necessária para viver mais um dia. Receber dois novos seres é eternizar a nossa existência.

Hoje é o dia do meu aniversário, e o melhor presente que recebo é o nascimento dos meus dois filhos, Lorenzo e Benicio. Hoje eu nasci novamente, chorei como um bebê e sorri como uma alegre criança ao receber presentes tão esperados.

O Benicio nasceu as 10:43h com dois quilos e trezentos gramas e o Lorenzo nasceu 10:44h com dois quilos e duzentos gramas, a mãezinha (mãezona) está ótima e descansando para poder recarregar toda energia necessária para poder nutrir estes novos seres.

A emoção é grande e nem sei como expressar tanta alegria, mas o que posso dizer é que hoje é o dia mais feliz da minha vida.

Meus filhos sejam bem vindos ao planeta terra, um planeta perfeito com pessoas imperfeitas, mas vocês podem fazer toda a diferença, bastam querer.

Que os Deuses possam abençoar cada passo da existência de vocês e que nós pais possamos aprender e ensinar também.







Benicio

Lorenzo

quarta-feira, 2 de março de 2011

NÉ? Não Entendo!


A mais nova mania ou gíria entre os jovens e adolescentes é o NÉ!? Não sei o que eles querem dizer com esse tal de NÉ, pois essa galera entre dezoito e vinte e dois anos não tira esse tal de NÉ das suas conversas.

Eu com os meus trinta e quatro anos cursando o segundo ano de Publicidade e Propaganda fico um pouco fora da sintonia dessa galera, pois todos os dias eu ouço esse tal de NÉ, não sei se é uma moda entre eles ou se é um palavreado que algum artista adicionou em seu vocabulário.

Esse tipo de fenômeno é chamado de Neologismo, mas o que me incomoda é que ele não aparece no linguajar dessa galera como uma pergunta e sim como uma repetição.

Exemplo: Se estou falando sobre música e digo que tal cantor é bom, ouço a seguinte resposta, NÉ!!! Será que é uma abreviação das palavras NÃO ENTENDO ou será que eles estão querendo entender do assunto e não sabem o que estou falando e por isso eles concordam com esse tal de NÉ?

Sinceramente eu não sei e fico um pouco encabulado de perguntar, pois acredito que não vou receber uma resposta convincente, então prefiro continuar com essa dúvida, NÉ?

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails